Saiba tudo sobre jaquetas para motociclistas

 In MOTORS

Uma boa jaqueta pode ser uma ótima aliada dos pilotos de motocicleta. Além de conferir um estilo único, ela ajuda a proteger contra impactos e intempéries do clima. Caso seja de boa qualidade e bem cuidada, a peça ainda pode durar muitos anos. Se você ainda não possui uma jaqueta ou está pensando em trocar a sua, confira as dicas que a subgerente da Moto Raja, Nathália Santos, preparou para você.

Modelos: De acordo com Nathália, os modelos mais comuns de jaqueta são a tradicional e a parka. A diferença entre elas está no tamanho e na quantidade de bolsos. Muito utilizada pelos pilotos de motos esportivas, a jaqueta tradicional é mais justa e simples. Já a jaqueta parka é mais longa e com vários compartimentos, sendo a queridinha das pessoas que conduzem custom.

Materiais: Atualmente, a indústria utiliza basicamente dois materiais para fazer jaquetas para motociclistas. O primeiro é a cordura, um tipo de nylon de alta performance, que garante resistência, leveza e flexibilidade às peças. O segundo é o couro, pele curtida de animal muito eficiente contra abrasão e baixas temperaturas.

Tipos: Nathália lembra que existem jaquetas indicadas para chuva, verão e inverno. A diferença está no material utilizado, na quantidade de forros e se elas possuem ou não entradas e saídas de ar. Há também peças que trazem vários forros removíveis, deixando a jaqueta adaptável para qualquer situação.

Segurança: Para escolher uma peça que realmente proporcione segurança é preciso prestar atenção em duas características da jaqueta. Uma delas é se a peça possui pontos de absorção de impacto em locais estratégicos, como nos ombros e cotovelos. A outra é observar se a jaqueta está confortável em seu corpo. Peças que ficam muito grandes, rígidas ou que causem algum incomodo podem atrapalhar a pilotagem.

Cuidados: Tanto a jaqueta de cordura quanto a de couro precisam de cuidados especiais para manter as suas vidas úteis. Nunca lave nenhuma das duas em máquina de lavar, prefira enviá-las a uma lavanderia. Caso precise higienizá-las em casa, faça a operação à mão e com muito cuidado. Na hora de secar, deixe-as na sombra. No caso do couro, utilize também um hidratante para não ressecar o material.

Recent Posts

Leave a Comment